Quantificaçao e avaliaçao de parâmetros quali-quantitativos do palmiteiro (Euterpe edulis Martius) ao longo de um gradiente altimétrico, em um sistema de informaçao geográfica

DSpace/Manakin Repository

Quantificaçao e avaliaçao de parâmetros quali-quantitativos do palmiteiro (Euterpe edulis Martius) ao longo de um gradiente altimétrico, em um sistema de informaçao geográfica

Show full item record


Title: Quantificaçao e avaliaçao de parâmetros quali-quantitativos do palmiteiro (Euterpe edulis Martius) ao longo de um gradiente altimétrico, em um sistema de informaçao geográfica
Author: Schoeninger, Emerson Roberto; Kirchner, Flavio Felipe, 1951-
Abstract: O complexo da Serra do Mar tem o seu relevo bastante dissecado com áreas íngremes. A vegetação predominante é classificada como Floresta Ombrófila Densa, caracterizada por apresentar uma cobertura densa e uniforme, bem desenvolvida, podendo atingir de 25 a 30 m de altura. A variação do clima ocorre em função da altitude e tem influência direta sobre a vegetação e indireta sobre o solo os quais imprimem diferentes feições à vegetação. A presente pesquisa objetivou a caracterização destes efeitos sobre o crescimento do Pálmiteiro (Euterpe edulis). Para tanto foram definidas dez unidades amostrais ao longo de um gradiente de altitude, distribuídas sistematicamente com intervalos de 500 metros em um morro na formação Rio das,Cobras com um raio com de aproximadamente 1500 m de extensão é com uma variação de 500 m na altitude. Com origem geológica micaxisto. Para avaliação do Pálmiteiro no gradiente altimétrico foram abatidos oito indivíduos de cada nível altimétrico, dos quais foram coletados os dados de biomassa total e a biomassa do creme comestível. As classes de solo de cada nível altimétrico foram identificadas, caracterizadas química e granulometricamente. Os resultados mostraram que paralelo às mudanças na produção de biomassa e peso do creme comestível do pálmiteiro foram identificadas diferenças na concentração de alguns nutrientes minerais ern função do gradiente aititudinal. Quando comparando os nutrientes do.creme do pálmiteiro com os nutrientes do creme da pupunheira, não considerando a metodologia, o pálmiteiro apresentou resultado superiores e expressivos, para a maioria dos nutrientes. As correlações mostraramse de uma forma geral fraca, porém os teores de magnésio da folha e do creme apresentaram uma correlação positiva. O manganês do creme com o magnésio da folha tiverafn uma forte correlação negativa. Em relação aos solos correlações positiva entre o magnésio da folha e o teor de saturação de alumínio dos horizontes A e B. Correlação positiva também para os teores de manganês da folha com os teores de saturação de bases do solo. O SIG,foi composto por dados que geraram as informações acima, sendo neste caso o SIG, uma ferramenta que retornará de forma fácil e ágil, informações disponível em sua estrutura e que auxiliarão em operações de planejamento e no manejo florestal.
URI: http://hdl.handle.net/1884/26680
Date: 2013-06-13

Files in this item

Files Size Format View
D - SCHOENINGER, EMERSON ROBERTO.pdf 5.352Mb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account