Danos causados pelo míldio da soja e uso de fosfitos e Acibenzolar-S-Methyyl no manejo das doenças da cultura

DSpace/Manakin Repository

Danos causados pelo míldio da soja e uso de fosfitos e Acibenzolar-S-Methyyl no manejo das doenças da cultura

Show full item record


Title: Danos causados pelo míldio da soja e uso de fosfitos e Acibenzolar-S-Methyyl no manejo das doenças da cultura
Author: Silva, Olavo Corrêa da
Abstract: Resumo: O míldio da soja, causada pelo oomicete Peronospora manshurica é uma doença amplamente disseminada nas principais regiões produtoras do mundo e do Brasil, no entanto seu dano ainda é pouco estudado. O controle da doença no Brasil, apesar do uso de genótipos suscetíveis em extensa área, tem sido negligenciado devido ao fato de doenças como a ferrugem asiática e oídio estarem a frente como principal alvo para o manejo fitossanitário da cultura. Os fosfitos vêm sendo utilizados no controle de doenças, principalmente causados por oomicetes, em várias culturas devido a sua ação direta e/ou indireta sobre patógenos, na cultura da soja poucos estudos foram realizados. Os objetivos específicos deste trabalho foram estudar, (a) os componentes de rendimento afetados pelo míldio e determinar as equações do coeficiente de dano; (b) o uso do fosfito no controle do míldio e seu efeito sobre a área foliar; (c) a interação do uso do fosfito com a aplicação de fungicida no controle do míldio; (d) efeito dos fosfitos como fonte nutricional; (e) a correlação entre a severidade do míldio nas folhas e a incidência do patógeno nas sementes; (f) fontes comerciais de fosfito e acibenzolar-S-metílico associados à fungicida no controle de míldio, oídio (Microsphaera diffusa) e ferrugem asiática da soja (Phakopsora pachyrhizi). Foram conduzidos sob condições de campo seis experimentos, cinco em Ponta Grossa, nas safras 2006/2007 e 2007/2008, e um em Castro, 2008/2009, no estado do Paraná, sul do Brasil. O delineamento experimental utilizado foi de blocos casualisados para os experimentos de danos causados pelo míldio em soja e de fontes de fosfito e acibenzolar-S-metílico em um programa de fungicida da soja. No experimento de fosfito de potássio para o controle de míldio em soja foi utilizado o delineamento de blocos casualisados em esquema fatorial. O cultivar CD 215, em sistema de semeadura direta, foi utilizado em todos os estudos. Dentre os componentes de rendimento avaliados, somente o peso de 1000 grãos foi afetado significativamente pelo míldio. Foram geradas as equações do coeficiente de dano para peso de 1000 grãos e rendimento. Ocorreu correlação positiva entre severidade do míldio na área foliar e incidência do patógeno nas sementes. Houve redução linear da severidade de míldio com o aumento da dose de fosfito, sendo que foi observado aumento significativo do rendimento para a maior dose de fosfito em uma das safras. Foi observado aumento do índice de área foliar com o uso das maiores doses de fosfito. Não houve diferença entre as fontes de fosfito na redução da área abaixo da curva de progresso do míldio e não foi observado efeito do ácido fosfito sobre o oídio e ferrugem asiática.
URI: http://hdl.handle.net/1884/26356
Date: 2013-02-25

Files in this item

Files Size Format View
Tese Olavo Correa Final 24 jan 2011 (1).pdf 686.6Kb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account