Extração de espécies metálicas de resíduo sólido proveniente da pirólise de borra de petróleo

DSpace/Manakin Repository

Extração de espécies metálicas de resíduo sólido proveniente da pirólise de borra de petróleo

Show full item record


Title: Extração de espécies metálicas de resíduo sólido proveniente da pirólise de borra de petróleo
Author: Costa, Graziela da Silva
Abstract: Resumo: Nas refinarias e unidades de extração de petróleo, grandes quantidades de borras oleosas são geradas dos processos de extração do petróleo, refinamento do óleo cru e limpeza de equipamentos e dutos em geral. Atualmente, são produzidas cerca de 500 m3/mês deste resíduo na Petrobras (UNSEAL) as quais são acumuladas em diques de contenção. A disposição das borras é um problema para as indústrias petrolíferas, devido ao alto teor de compostos perigosos na sua composição, como as espécies metálicas e os compostos orgânicos carcinogênicos. Dentro dessa perspectiva, a Petrobras S/A em parceria com a Albrecht Equipamentos Industriais Ltda desenvolveram um processo para tratar as borras oleosas, denominado Tratamento Térmico de Resíduos Multifásicos (TTRM). O resíduo sólido é obtido como um produto secundário no TTRM sendo composto de material orgânico e majoritariamente por material inorgânico como as espécies metálicas, sais, areia, silte e argila. Este resíduo sólido é classificado como Classe I – Perigoso, desta forma, necessitando de tratamento e destinação final adequada. Sendo assim, este trabalho teve como objetivo a extração de espécies metálicas presentes em resíduo sólido petrolífero, usando-se o ácido etilenodiaminotetracético (EDTA) e o ácido cítrico como agentes extratores. A fim de conhecer a composição do resíduo sólido e posteriormente iniciar o estudo da extração, realizou-se uma caracterização geral com ensaios de lixiviação e solubilização do resíduo sólido, dig stão ácida na massa bruta do resíduo sólido, análises de infravermelho, difração de raios X (DRX) e análise granulométrica. As variáveis tempo, concentração dos agentes extratores e pH do processo foram estudadas com o objetivo de obter as condições ótimas do processo de extração das espécies metálicas. O EDTA obteve maior eficiência de remoção das espécies metálicas em relação ao ácido cítrico, devido a sua forte capacidade complexante. As espécies metálicas Ba, Pb e Sr foram praticamente removidas na totalidade no processo de extração seqüencial. O Ba e o Sr obtiveram maior eficiência de remoção na extração com EDTA em pH básico e o Pb em pH ácido. A maioria das espécies metálicas obteve maior eficiência de remoção pelo EDTA em meio ácido.
URI: http://hdl.handle.net/1884/24938
Date: 2010-12-08

Files in this item

Files Size Format View
Dissertacao Graziela Costa.pdf 927.0Kb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account