Mecanismos de ação envolvidos na atividade antinociceptiva e anti-inflamatória da (1- 3)(1_6) B-glucana isolada do Pleurotus Pulmonarius (Fr.)Quel

DSpace/Manakin Repository

Mecanismos de ação envolvidos na atividade antinociceptiva e anti-inflamatória da (1- 3)(1_6) B-glucana isolada do Pleurotus Pulmonarius (Fr.)Quel

Show full item record


Title: Mecanismos de ação envolvidos na atividade antinociceptiva e anti-inflamatória da (1- 3)(1_6) B-glucana isolada do Pleurotus Pulmonarius (Fr.)Quel
Author: Baggio, Cristiane Hatsuko
Abstract: Resumo: A b-glucana e um polissacarideo isolada do Pleurotus pulmonarius (Fr.) Quel., um cogumelo comestivel conhecido no Japao como gusuhiratake h. Uma variedade de efeitos biologicos tem sido atribuida a essas glucanas, como propriedades antitumoral, antioxidante, anti-inflamatoria e imunomodulatoria. O presente estudo avaliou a atividade antinociceptiva e anti-inflamatoria da (1 ¨3),(1 ¨6) b-glucana (GL), verificando seus possiveis mecanismos de acao. O GL administrado pela via oral (v.o.) e intraperitoneal (i.p.) reduziu de forma dependente da dose a nocicepcao induzida pelo acido acetico. Alem disso, o GL (i.p.) tambem reduziu a migracao de celulas e extravasamento plasmatico apos a injecao de acido acetico. A nocicepcao induzida pela formalina tambem foi diminuida com a administracao do GL (i.p.). O tratamento com o GL reduziu a migracao de leucocitos, neutrofilos e mononucleares induzidos pela carragenina, alem de aumentar os niveis de IL-10. Entretanto, a antinocicepcao provocada pela GL nao foi afetada pelo tratamento dos animais com o antagonista opioide (naloxona) e nem foi associada a uma acao sedativa ou relaxante muscular, observado no teste do campo aberto. A antinocicepcao causada pelo GL no teste do acido acetico foi parcialmente revertida pelo pre-tratamento dos animais com toxina pertussis (inativador da proteina Gi/o). O tratamento (i.p.) dos animais com o GL tambem preveniram a nocicepcao induzida pela injecao intraplantar (i.pl.) de capsaicina, cinamaldeido, mentol e salina acida, mas nao quando co-administrado na pata com esses agonistas. Alem disso, foi demonstrado que as fibras sensoriais do tipo C e AƒÂ sensiveis a capsaicina estao parcialmente envolvidas na atividade antinociceptiva promovida pela glucana. A nocicepcao induzida pelo glutamato i.pl., bem como, a nocicepcao induzida pela injecao intratecal (i.t.) de AEE para receptores ionotropicos e da citocina pro-inflamatoria, IL-1b foram reduzidas com a administracao do GL. O GL foi efetivo em inibir tanto a nocicepcao quanto a ativacao da PKCƒÃ (atraves da analise de Western blot) induzida pela injecao i.pl. de PMA (ativador da PKC). O tratamento dos animais com o GL tambem diminuiu a imunorreatividade para GFAP de astrocitos da medula espinhal apos a inducao da nocicepcao pela formalina. O GL inibiu a alodinia mecanica induzida pela constricao do nervo ciatico em camundongos. Coletivamente, o presente trabalho demonstrou que o GL possui um interessante efeito antinociceptivo quando avaliada em varios modelos de nocicepcao aguda quimica e cronica em camundongos. Alem disso, o GL apresentou marcada acao anti-inflamatoria no modelo de peritonite induzida por carragenina. Os mecanismos de acao antinociceptiva e anti-inflamatoria do GL ainda estao sob investigacao, contudo, neste trabalho pode-se demonstrar que a inibicao da PKC e da ativacao astrocitaria e o aumento dos niveis de IL-10 estao envolvidos na acao antinociceptiva e anti-inflamatoria do GL.
URI: http://hdl.handle.net/1884/24050
Date: 2010-06-25

Files in this item

Files Size Format View
Tese-CristianeBaggio.pdf 1.702Mb PDF View/Open

This item appears in the following Collection(s)

Show full item record

Search DSpace


Advanced Search

Browse

My Account